Blog

A voz de Filipe Catto

11 de setembro de 2020

Nesta série de posts aqui no blog aprofundando algum detalhe dos selecionados para a Mostra Tum Tum 8, já falamos de instrumentos, estilos e outros assuntos. Hoje, dia de tratar de Filipe Catto, poderíamos escolher várias características do artista, mas uma delas realmente se impõe: a voz.

Podemos falar como os fãs e defini-la como linda, surpreendente e agradável de ouvir. E também podemos ir um pouco mais fundo e informar que Filipe tem um potencial vocal considerado perfeito para a música erudita. A voz dele vai de graves de barítono até contratenor. Essa última definição é usada quando um cantor masculino consegue atingir um timbre vocal muito agudo.

Filipe, porém, não está muito próximo da música erudita. Está perto da MPB, do rock, da música popular, construindo uma carreira respeitada e reconhecida. Um exemplo disso é já ter conquistado um Prêmio Açorianos. Outro é a comparação com Ney Matogrosso.

Mas já estamos escrevendo demais por aqui. Para entender, respeitar e curtir Filipe Catto, precisamos mesmo é ouvir. Então clique no play e embale essa sexta com o som desse grande artista gaúcho.

 

Voltar